• Danielle Lins

Semana de ADM 2019 foca na transformação digital e no futuro das organizações

Atualizado: Jan 30


Diante da preocupação crescente da academia, estudantes e empresas que precisam se preparar para um mundo cada vez mais complexo e conectado, a edição 2019 da Semana de ADM da Universidade Federal de Pernambuco, realizada de 09 a 12 de setembro, no Centro de Ciências Sociais Aplicadas-CCSA, escolheu o tema "Transformação digital e o futuro das organizações". O evento, que acontece anualmente, é organizado pelo Diretório Acadêmico de Administração da UFPE, e tem como objetivo discutir temas de interesse da comunidade de administração da Universidade.


Durante quatro dias, palestrantes convidados participaram de atividades como palestras, conversas, oficinas e workshops. Na terça-feira (10), a palestra “Empreendedorismo e Negócios portadores do futuro” contou com a presença do CEO da PremiaPão, Raphael Mattos, e do empresário e co-fundador de duas startup no Porto Digital, Kleber Dantas.


Iniciando a palestra, Raphael Mattos comparou o ato de liderar com a educação familiar. “Na liderança você precisa de habilidades para lidar com pessoas e na educação familiar tem muito isso. Liderar é se sacrificar, carregar o time nas costas”.


Ao expor um pouco da sua trajetória, Raphael confessou que aprendeu a ser um bom líder com os pais. “Cresci vendo meu pai servindo o outro. A primeira herança veio dele, o servir, e a segunda herança, vinda da minha mãe, foi o amar as pessoas”.


Para Raphael não existe liderança só no papel e caneta, mas sim no exemplo. “O líder precisa criar e propor mudanças porque a criatividade só pode fluir em um espaço de abertura”. Segundo ele, na vida real ainda existe a empresa verticalizada, um ambiente que não é participativo nem criativo.


De acordo com Raphael, na PremiaPão há uma cultura centrada no colaborador, com experiências sociais memoráveis, um ambiente familiar e aconchegante, preocupação com o desenvolvimento profissional e o feedback 360, para todos da equipe.


Por sua vez, o empresário Kleber Dantas exemplificou empreender como uma atitude. “Como ver aquilo que ninguém nunca percebeu? Como uma mente criativa e ousada consegue enxergar o que nunca foi visto? Uma ideia absurda de alguém, inspira.”


No decorrer da conversa, Kleber trouxe a experiência da sobrinha Nicole (17 anos), mostrando a maneira que ela está construindo a própria carreira profissional. Também falou dos seus projetos atuais como o MOT. D, um MBA em parceria com a UPE. “Um Programa de Treinamento de Pessoas Desenroladas, tem projeto e não TCC, com 90h, orientando para transformação cognitiva e ação centrada no humano”.


Kleber Dantas explanou os três perfis de empreendedor hipster, hustler, hacker e enfatizou que o exercício da vida é o fazer. “Estamos em um mundo pós-Uber, mesmo assim o saber sempre será valorizado. Há uma necessidade de trabalhar as pessoas para empreender e para a internet das coisas que já é uma realidade”.


No dia 11 (quarta-feira), aconteceu o Workshop de Marketing Digital com Giovana Mossi, da empresa junior CITi. Ela abordou o conceito de marketing, público-alvo, buyer persona, brand persona, como se dá a jornada do cliente, diferença entre inbound marketing e outbound marketing e apresentou algumas ferramentas de marketing digital. “Toda decisão de marketing precisa ser baseada em dados”.


Contemporaneidade nas relações de trabalho: um olhar para Gestão e Liderança” foi o tema da conversa com a diretora de Jornalismo da Rede Globo, Jô Mazzarolo, e da empresária e professora da UniCEUB, Tatiane Araujo, na quinta-feira (12).


Para ter uma boa gestão, Jô apontou como três pilares a presença, o exemplo e o olhar. “O gestor tem que estar junto, estar presente, andar, ser visto, cumprimentar. Na era digital a mistura de colaboradores é essencial e o gestor precisa escutar quem faz e ter equipes inquietas e curiosas”.


De acordo com Jô Mazzarolo, o gestor deve buscar soluções e não problemas, resolver antes da crise emergir. “Você pode cobrar, mas primeiro dar o exemplo. Inovar é surpreender, para o gestor que quer propor mudança e inovar tem que ter pouca rotina. Ele deve conhecer o processo, ouvir e ter bom senso”.


Na ocasião, o educador Paulo Freire foi referenciado pela convidada. “Paulo Freire diz que ter humildade diminui a distância entre o que se diz e o que se faz. É dessa forma que o gestor alcança novos e melhores resultados”.


Em seguida, foi a vez da professora Tatiane Araujo que também é voluntária do Grupo Mulheres do Brasil – Núcleo DF e trabalha pelo protagonismo da mulher. “O ingrediente principal nas novas relações de trabalho é o ser humano. A gestão precisa trazer uma visão mais humanizada, ter uma proximidade e entender as pessoas”.


Tatiane deu uma aula de administração para os ouvintes. Segundo ela, para desenvolver competências de gestão é necessário começar com gestão de pessoas, capacitar e gerir o ser humano. “No eixo central da gestão está o processo de comunicação e o feedback que potencializa a colaboração. Podemos refletir as relações da contemporaneidade através de pessoas, processos e vínculos”.


Antes do encerramento, a convidada apresentou um vídeo sobre o trabalho do Grupo Mulheres do Brasil que prioriza reconhecer a capacidade transformadora das mulheres.


Gostou desse conteúdo? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

1 visualização
LOGO 2-03.png

Siga a AC nas mídias sociais

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Branca ícone do YouTube

Todos os Direitos Reservados © 2020 DANIELLE LINS