• Danielle Lins

Do toque das mãos à reabilitação

Atualizado: Jan 30

A missão de Lucimara é doar-se para o outro com amor e dedicação. Crédito: Diêgo Albuquerque Fotografia

“Não escolhi a fisioterapia, eu fui escolhida por ela”. É o que afirma a fisioterapeuta Lucimara Martins da Silva, de 32 anos, empreendedora na Clinical Vida Studio de Pilates. “Através desse dom que Deus me deu eu posso proporcionar uma melhor qualidade de vida para os meus pacientes, visando sempre o bem-estar deles e de suas famílias porque reabilitando o paciente conseguimos de alguma forma reabilitar toda a família”, assegura.


Há nove anos Lucimara está nessa jornada, fez especialização na área de pilates, neopilates - o pilates aéreo, no campo de patologias da coluna vertebral, tem formação em RPG – Reeducação Postural Global visando postura e coluna. Também integra o Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF, no município de Vitória de Santo Antão, o qual dá suporte à Secretaria de Saúde no trabalho do SUS com a comunidade mais carente. “Eu atuo na Bela Vista dando suporte a mais seis unidades de saúde para a população carente de amor, de um toque e de recursos”, salienta.


Lucimara segue trabalhando também na esfera privada com a Clinical Vida, tem vínculo com a Secretaria de Saúde do município e atende os pacientes domiciliares. “Tenho pacientes que estão comigo há nove anos, pacientes neurológicos, com alguma sequela motora que requer cuidado dia a dia. Os pacientes neurológicos, por exemplo, a gente não dá alta tão facilmente para ter um trabalho continuado”, explica.


Casada e mãe de uma menina de três anos, Lucimara convive com uma rotina pesada que inicia às 7h da manhã até às 20h. Possui uma semana cronometrada através de uma agenda. “Eu dou prioridades, minha família sempre em primeiro lugar, mas tem que se organizar e ter foco. Reservo tempo para mim, me cuido, corro, malho e tenho uma alimentação saudável”. Como mãe ela guarda os horários essenciais para acompanhar o crescimento da filha. “Minha filha, meu esposo e minha mãe são os meus pilares nessa correria da minha vida”, confirma.


Na correria do dia, Lucimara ainda encontra tempo para adquirir conhecimento, pois considera a reciclagem fundamental na sua profissão. “Na área de saúde a gente precisa estar se reciclando, aprimorando, fazendo cursos porque sempre tem algo novo para o paciente. Quando a gente faz com amor fica menos cansativo e só tem recompensa”, pontua.


O trabalho que desempenha no NASF possibilita Lucimara estar dentro das comunidades reabilitando pessoas carentes. “Nunca estamos num local fixo, na maioria das vezes nas casas dos comunitários dando suporte e orientação. Esse núcleo conta com uma equipe multiprofissional de nutricionista, fonoaudiólogo, educador físico, fisioterapeuta entre outros profissionais”, detalha.


Segura nas palavras, Lucimara acredita que a mulher tem o potencial capaz de realizar o que quiser. “Eu, por exemplo, vim com a missão de doar-me para o outro e faço com amor. Nós não podemos perder o foco, se empenhar, focar no que quer, apesar das dificuldades, não perder os sonhos e acreditar em si mesma”, enfatiza.


Gostou desse conteúdo? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

LOGO 2-03.png

Siga a AC nas mídias sociais

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Branca ícone do YouTube

Todos os Direitos Reservados © 2020 DANIELLE LINS