• Danielle Lins

De pai para filha

Atualizado: Jan 30

Corretora e agente de viagem, Camilla acredita que com foco e determinação a mulher consegue conquistar o seu lugar na sociedade. Crédito: Diêgo Albuquerque Fotografia

Se for para começar algo e não concluir, Camilla de Barros Chaves Silva Oliveira nem prefere iniciar. Aos 33 anos ela é corretora de imóveis e agente de viagem, formada em Turismo pela FACOL no ano de 2006. Abriu a própria agência em 2009, e até hoje dribla a concorrência para se manter no mercado. “A parte de turismo é difícil de manter o foco, mas a gente está lutando para continuar. Como corretora fiz o curso de TTI – Técnico em Transações Imobiliárias, em 2008 a 2009, e atuo no ramo junto com o meu pai”, salienta.


Há oito anos trabalhando com imóveis, Camilla se considera uma mulher determinada que se esforça ao máximo e batalha para conquistar seus ideais. Entre risos, ela afirma ser um pouco impaciente e estressada na espera dos resultados, mas com determinação consegue chegar lá. “Uma mulher que possui uma vida agitada, tem família, casa para cuidar, precisa saber se dedicar com paciência ao trabalho e não deixar de lado as outras áreas”, destaca.


Nesse cenário moderno em que a mulher se encontra rodeada de tantas atividades para fazer, Camilla acredita que um dos maiores desafios é conciliar o tempo da vida profissional com a vida pessoal. “Hoje em dia a gente corre tanto para conseguir ganhar dinheiro e poder se manter, que às vezes esquecemos-nos de ter lazer, descanso e momentos em família, mas não é só de trabalho que se vive”, expressa.


Em meio às dificuldades, Camilla identifica no mercado de imóveis algumas barreiras que tenta contornar, sabe que existem muitas mulheres corretoras, mas a grande maioria ainda é formada por homens. No turismo, enxerga o mercado com bons olhos, pois até o momento não encontrou obstáculos por ser mulher. “Nesse mercado a gente tem contato com todo tipo de pessoa: criança, jovem, adulto, idosos, homem, mulher, não vejo nenhuma discriminação ou empecilho, é uma área bem diversificada”, descreve.


A perspectiva de futuro é de dar sequência ao trabalho do pai, seguir no ramo dele, ter filhos, mas também de conseguir dia a dia o espaço na sociedade como mulher. “Com determinação você consegue, sendo boa profissional, fazendo as coisas corretamente porque é difícil a mulher conseguir o espaço dela, mas não é impossível”, relata.


Como mulher de expressão ela acredita que todas as mulheres podem alcançar seus objetivos se tiverem determinação e foco. “Conseguir todos conseguem, basta querer. Se ficar em casa pensando, pensando e não fazer nada, ninguém vai chegar lá e fazer por você, tem que ir e agir. É continuar no ramo trabalhando para poder cada vez mais se desenvolver e se destacar no mercado”, enfatiza.


Gostou desse conteúdo? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

LOGO 2-03.png

Siga a AC nas mídias sociais

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Branca ícone do YouTube

Todos os Direitos Reservados © 2020 DANIELLE LINS