• Danielle Lins

A expressão da mulher vitoriense

Atualizado: Jun 29


Diante do atual cenário feminino em que a sociedade vive, a mulher ganha cada vez mais notoriedade, se empodera e se liberta das formas sociais sem perder a essência. Esta mulher não se deixa levar pelos padrões de beleza, ao contrário, entende que a sua força vem do posicionamento e de como encara as situações da vida.


Em Vitória de Santo Antão, na terra de Mariana Amália, uma figura que atuou corajosamente na guerra entre Brasil e Paraguai, em 1865, encontramos tantas histórias marcantes que relatam características peculiares, a força de mulheres engajadas a viver o propósito e a estabelecer um legado para a família e a sociedade.


Ousadia e equilíbrio compõem a personalidade de Mariana Amália que durante o Movimento Nacional da Abolição conseguiu convencer os senhores de engenho de Vitória de Santo Antão a darem carta de alforria aos escravos. Aos 19 anos, ela se apresentou como enfermeira, na Praça da Matriz de Santo Antão, ao Batalhão de Voluntários da Pátria, dispondo-se a servir na guerra. O ato de bravura levou a jovem a usar o uniforme militar e as insígnias de primeiro cadete.


As mulheres de Vitória se reinventam, se aperfeiçoam, atuam em áreas diferentes, buscam o conhecimento e executam seus projetos. Mas não é apenas uma questão de realizar um sonho, mas de vivê-lo e, a partir dele, transformar o que está ao redor através da paixão pelo que fazem.


Que assim como eu, você se inspire com a história de cada uma dessas mulheres e projete a sua própria história.


Gostou desse conteúdo? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

LOGO 2-03.png

Siga a AC nas mídias sociais

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Branca ícone do YouTube

Todos os Direitos Reservados © 2020 DANIELLE LINS